quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Pequenas conversas com Nina ( mulher casada)

Suzana me ligou mais cedo, pedindo que eu fosse encontra-la na Voluntários. Chegando lá, notei que ela estava aflita. Enquanto ela acabava o cigarro, tentava me explicar o que estava acontecendo.

- Eu tô louca pela mulher do meu tio e tá rolando uma tensão sexual entre a gente faz tempo. Não sei o que fazer.
- Ah Suzana, como assim não sabe o que fazer?
- É mulher do me tio, cara.
- E desde quando você tem valores? Ah por favor ...
- Sei lá.
- Bom, vamos nos organizar. Ela é gostosa?
- Demais.
- Você ama seu tio o suficiente pra deixar passar uma noite de sexo subversivo?
- Definitivamente, não!
- Então acabaram-se as dúvidas, vá lá e coma a sua tia! ( risos)
- Faz piada mesmo! Ele vai viajar esse final de semana e pediu a mim que não a deixasse sozinha.
- Jura? Que trouxa! E você não disse que vai cuidar dela como se fosse sua? Que não vai fazer nada que ele não faria? Não?
- Engraçadinha você! Ela já falou que quer jantar comigo.
- Tradução: Ela quer te dá. Mas tem uma coisa, mulher casada dá um problema quando resolve bater o remorso. Não entendo isso, porque depois que deu minha filha, já era. Mas enfim Cuidado com o famoso problema da culpa.
- Qual?
- Depois que elas traem, acham que isso se iguala quase a uma ação humanitária de Madre Tereza e se tornam verdadeiras psicóticas, se tratando de uma lésbica em inicio de carreira pode triplicar isso ai. Falo por experiencia própria.
- E o que você fez?
- Menti, óbvio. Conta uma história triste que você saiba que a comoverá a ponto de entender suas limitações. No meu caso ela era religiosa, então eu disse que aquele pecado estava me consumindo, eu precisava de um tempo e chorei, claro.
- Você não se sente culpada mesmo, né?!
- Sazaninha, existe um dom chamado: Não sentir culpa. Pratique-o e você chega lá.

Um comentário:

  1. hahahahha

    Muito tempo que não dava uma passeada na minha lista de blogs favoritos.

    Mas o que vc escreve, real ou ficcional, sempre me diverte.

    Você tem um verdadeiro dom!

    Beijos

    ResponderExcluir