quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Bar com a família

Bar e família definitivamente não combinam, mas como na vida sempre acontece algumas coisas que não podemos evitar, lá estava eu no bar com familiares. Era aniversário do meu Tio e minha tia depois de beber umas doses de gim tônica começou o show que não pode faltar em ocasiões como essa.

- Vocês viram o que deu na tv hoje?
- O que? ( meu tio).
- Umas “sapatonas” que foram expulsas de um restaurante porque estavam “ atracadas”. Agora querem na justiça uma indenização do dono do restaurante. Agora você vê... Onde é que vamos parar?
- Mas ele não pode fazer isso, danos morais, é um constrangimento pra elas. ( meu tio).

Eu ria enquanto acompanhava a discussão, bebendo minha vodka de sempre, ascendi um cigarro enquanto pensava sobre o assunto. Sempre fui contra casais de qualquer orientação sexual agirem como se estivessem no motel, quando estão em restaurantes, bares e outros lugares, mas eu sabia que a discussão ia muito além disso, era pessoal. Ela continuou:

- Constrangimento pra mim que não quero ver esse tipo de coisa!

Virei o copo de vodka e disse:

- Então bate na porta antes de entrar no quarto!





Um comentário:

  1. Quando mais controlada, faço uma cara "anal" quando meu pai faz piadinhas ou comentários homofóbicos. Algumas vezes chego a discutir... Tolerância zero.

    ResponderExcluir